Welle > Notícias > Indústria 4.0 e o desafio da inovação no Mercado Brasileiro

03/09/2020

Indústria 4.0 e o desafio da inovação no Mercado Brasileiro

Indústria 4.0 e o desafio da inovação no Mercado Brasileiro

Historicamente falando, o berço das revoluções e inovações na indústria sempre foi a Europa. Com o desenvolvimento contínuo de produtos, a elaboração de novas máquinas e o aprimoramento de equipamentos de informática e robôs acontece naturalmente desde a primeira revolução industrial. Esta situação de contínuo avanço e modernização na indústria causa um grande impacto no mercado global, substituindo antigas tecnologias obsoletas e deixando para trás na concorrência os mercados que não se adaptam.

É o caso hoje da Indústria 4.0 no mundo.

Esta nomenclatura começou a ser utilizada na Europa, para se referir à implementação de ações para transformar fábricas e organizar os sistemas de produção. Fazendo com que os processos sejam automatizados, inteligentes e interligados.

Nesta grande mudança, as máquinas estão conectadas aos sistemas que, por sua vez, se ligam com as pessoas, permitindo uma gestão muito mais eficiente das empresas. O conceito pode intrigar e, inclusive, pode parecer confuso para muita gente. No entanto, é uma realidade a qual, as maiores empresas do mundo já estão se adaptando.

No caso do mercado metalúrgico, atualmente nas fábricas européias boa parte dos processos de produção estão perfeitamente conectados em rede, os sistemas comunicam-se uns com os outros em tempo real e processam as ordens de forma autônoma. As peças se movimentam suavemente de estação de trabalho para estação de trabalho sem haverem muitos gargalos. A fábrica inteligente pensa por si mesma. Ela organiza o armazenamento, e pode até preparar automaticamente as cotações para os clientes e incorpora imediatamente novos pedidos ao planejamento da produção.

 

É por isso, que no mercado Brasileiro surge a necessidade de adaptação.

É esse o futuro que a Welle acredita para a indústria no Brasil, que atualmente ainda conta, em sua maior parte, com métodos e máquinas antiquadas e obsoletas, mas aos poucos caminha para o progresso. 

Os desafios são muitos

O total de empresas no Brasil que adota as tecnologias da Indústria 4.0 ainda é pequeno, mas cresce a cada dia.

Como a realidade nacional ainda é de parques fabris com maquinário muito desatualizados, para que as empresas do país cheguem ao patamar competitivo dos negócios de outros mercados, é necessário pelo menos uma década de esforço contínuo.

Apesar de o cenário atual não ressaltar nenhuma vantagem para as companhias nacionais, a expectativa é que tenhamos uma arrancada de investimentos neste sentido. Com o arrefecimento dos efeitos da crise econômica e a expectativa de retomada dos investimentos, a Indústria 4.0 está na agenda das organizações.

Nesta retomada, existem sete dimensões prioritárias para a adoção da Indústria 4.0 no Brasil:

– Aplicações nas cadeias produtivas e desenvolvimento de fornecedores;

– Mecanismos para adoção das tecnologias da Indústria 4.0;

– Desenvolvimento tecnológico;

– Recursos humanos;

– Infraestrutura;

– Regulação;

– Articulação institucional.

Poder para fazer a diferença

A Welle desenvolve soluções completas que permitem às empresas de processamento de chapas transformar esta visão em realidade. As tecnologias para isso já estão disponíveis e temos o know-how necessário para interligar todos os sistemas individuais para formar um sistema de produção inteligente. Com nossas soluções escalonáveis que podem ser expandidas em etapas, apoiamos empresas no caminho em direção ao futuro.

Todas as soluções oferecidas pela Welle são pensadas para atender a estruturação e a inovação que a Indústria 4.0 exige.

Confiar em uma indústria brasileira, que oferece produtos que contam com a tecnologia de ponta mundial, é ter a certeza de muito mais facilidade em todos os processos.

Caso a sua empresa esteja interessada em fazer parte desta revolução, a Welle Laser propõe a realização de um estudo detalhado sem custos, que demonstrará o ganho que a tecnologia do laser de fibra, produzido por uma empresa brasileira, pode proporcionar.

Achou Interessante? Preencha o formulário abaixo e lhe faremos um contato!